quarta-feira, 20 de junho de 2018

Medo


O medo pode te fazer parar, empurrar com a barriga, te proteger ou te impulsionar. Depende de como você o encara. Veja boas dicas nesse vídeo aqui.

A Cris Franco faz participação ao vivo toda quarta-feira no Manhã Vitoriosa (TV Vitoriosa - SBT). O programa começa às 11h.


Foto: internet

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Futilidade


Esse tema é tão mesquinho que nem queria escrever sobre. Mas hoje me deu vontade. A gente não fala só sobre coisas boas não é mesmo? Temos que falar as verdades. O famoso cortar o mal pela raiz.

A futilidade está tão presente hoje em dia que parece que anda contaminando como uma peste. Mas ela só se instala em quem tem um vazio por dentro. Pra quem não busca o autoconhecimento. Pra quem vive de aparências e só pensa em status e dinheiro. Em quem vive de interesse.

Muita gente confunde vaidade com futilidade. Temos que entender que tudo em excesso faz realmente mal. Viramos escravos. A vaidade é irmã gêmea do amor próprio. E se a gente não se ama, não consegue amar o próximo. Se não se respeita, desrespeita o outro. Enfim. A baixa autoestima é causa de inúmeros males como a inveja, a depressão... E a arrogância é o outro lado da moeda, que também mostra que a pessoa não está bem emocionalmente.

Falo tanto sobre autoconhecimento aqui no blog e vou falar sempre. Um dos objetivos principais da Penteadeira é resgatar a autoestima das pessoas, perdida muitas vezes na infância. E se conhecer é o caminho para descobrir o seu valor. Ter a humildade pra aceitar seus defeitos. Pra assumir erros. Pra mudar e evoluir como ser humano.

Pode me chamar de metida (muitas vezes sou mais calada mesmo, sou muito observadora. Prefiro falar só quando tenho algo interessante para acrescentar). Pode me chamar de "Patricinha" (desde que me entendo por gente ando sempre "emperiquetada" mesmo e não vou mudar. A vestimenta não mostra caráter)... Enfim, pode ir inventando esteriótipos pra mim. Isso não me chateia mais. Relevo na hora. Mas me chamar de fútil eu viro uma onça. Porque minha essência é humilde. Muito humilde. E só quem tem o prazer de me conhecer sabe quem sou de verdade. 

Mas falar é fácil. Venha me conhecer de perto. Olhe nos meus olhos. E sinta a minha verdade.

Eu não mordo. Sou muito educada. E aberta para todo tipo de conversa. Não tenho medo de me mostrar porque tenho a consciência tranquila com o Pai maior. E um coração gigante que cabe você, mesmo que fale mal de mim por aí. Lembre-se, se você fala alguma coisa de mim é porque você na essência tem o mesmo. Sua crítica mostra sua personalidade. Como um espelho como sempre falo aqui também. Então, corre desse tipo. É cilada Bino!

Foto: internet.

domingo, 10 de junho de 2018

Doe amor

Adoro a parte do lanche depois da doação!!!

Essa semana doei sangue mais uma vez em Uberlândia (MG) e deu tudo certo! Faço questão de doar sempre que posso e já fiz esse ato de amor várias vezes. E você, já doou sangue? Tem medo? Preguiça? Empurra com a barriga? Decida ser útil na vida. 

"Para doar sangue, é necessário: 

- Ter e estar com boa saúde.
- Não ter tido hepatite após os 11 anos de idade.
-Ter entre 16 e 69 anos de idade. Jovens de 16 e 17 anos podem doar, acompanhados pelo responsável legal, que deverá apresentar um documento de identidade e assinar a autorização no local de doação. Se desacompanhado, o jovem deverá apresentar os seguintes documentos do responsável legal: autorização preenchida e assinada (modelo disponível no site www.hemominas.mg.gov.br) e a fotocópia do mesmo documento de identidade constante na autorização. A partir de 61 anos, o candidato à doação precisa comprovar a realização de pelo menos uma doação anterior.
- Pesar mais de 50 kg.
-Ter dormido bem na noite anterior à doação.
-Não ter sido exposto a situação de risco acrescido para doenças sexualmente transmissíveis.
-Não ter sido submetido a exame de endoscopia ou broncoscopia nos últimos 6 meses.
-Não ter feito tatuagem nos últimos 12 meses.
-Se for doar pela manhã, alimente-se antes. Após o almoço, dê um intervalo de 3 horas.

É obrigatória a apresentação, no ato da doação, de documento original de identidade com foto, emitido por órgão oficial - Carteira de Identidade, Trabalho, Habilitação, Conselho de Classe ou Certificado de Reservista."

Para mais informações acesse: www.hemominas.mg.gov.br

Confira outro post sobre doação de sangue aqui.

sexta-feira, 1 de junho de 2018

Seis dicas para autoestima


Há um tempinho achei esse canal na internet e gostei de muitos vídeos. Esse em especial resolvi compartilhar aqui no blog porque fala do principal foco da Penteadeira: a autoestima. Ela é nosso escudo protetor e muita gente desconhece o caos que ela provoca quando está em desequilíbrio (o que acontece na maioria das pessoas).

Confira aqui e reflita sempre.


Foto: internet

Mês de junho (2018)


"Junho, mês dos orixás femininos Obá e Oxum. Obá, trás a energia da Justiça, diz que se a situação está difícil de organizar, é hora de refletir, avaliar o que foi feito até agora, cortar o que não serve e arrumar o que se mostra necessário.

É impossível voltar à irresponsabilidade de jogar as decisões sobre ombros alheios ou de superestimar a própria autoridade. A balança ao mesmo tempo discrimina e une as forças para criar o equilíbrio dinâmico; a espada não remete à vingança, mas ao sacrifício do que deve ser abandonado.

Um espírito claro pode prever o conflito de modo a encontrar formas de equilibrá-lo compensando perdas com ganhos bem aproveitados. 

Já Oxum mostra que depois da tempestade vem a calmaria; no repouso e na contemplação, ela se abre para as novas sensações que brotam ao redor e sente que está tudo bem. 

No meio do turbilhão começa a brilhar a luz da sabedoria que vem da imaginação, organizando e esclarecendo os problemas. Sua sabedoria consiste em saber se relacionar com as forças da natureza sem se deixar inundar por elas, usando o essencial e devolvendo às fontes inconscientes o excedente. 

Como isso exige muita sensibilidade, ela fica exposta demais; mas sua mensagem é a esperança de que a abertura a novas experiências torne a mudança suave e prazerosa."


Fonte: internet

domingo, 27 de maio de 2018

Foque na luz

Foto: Larissa Olivera.

Bato sempre nessa tecla mesmo: terapia não é pra doido... É pra não ficar doido. 

Eu faço a terapia Reiki na Clínica Thailuz há anos e recomendo sempre quando alguém me pede algum conselho. As respostas estão sempre dentro de cada um e é preciso saber nos ouvir e nos entender com o autoconhecimento. A terapia é um dos caminhos.

Sim, vamos levar vários puxões de orelha quando estamos abertos para realmente mudar nossa vida para melhor. Mas se você DECIDIR melhorar, o Universo vai te mostrar o que fazer. E a terapia vai te dar o suporte necessário para não fugir do caminho.

Foto: internet.

Autoconhecimento é para sempre. Nunca vai parar e é sempre a grande solução para a maioria dos problemas. Com otimismo e fé, focando na luz de todas as situações, você dá um passo de cada vez para a sua evolução. E sua energia mudando, contagia os próximos.

Não desista de você. Você pode. Confie em você!

A Clínica Thailuz, onde faço minha terapia Reiki com a Nara Ceolin, fica na rua Alfredo Júlio, 240, no bairro Martins, em Uberlândia (MG). Contato: (34) 4141-2113.

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Sexualidade


A sexualidade continua sendo um assunto tabu para muitas mulheres ainda hoje, infelizmente. A médica e escritora uberlandense, Renata Corrêa, fez um post super interessante sobre esse tema e fiz questão de compartilhar no blog. Confira aqui.


Foto: internet

 
Design by Guilherme Maia